Multivariação: filtrando seu público de forma inteligente e prática - Bornlogic
16293
post-template-default,single,single-post,postid-16293,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Multivariação: filtrando seu público de forma inteligente e prática

Uma das maiores vantagens do Facebook é também um enorme desafio para os anunciantes: seu poder de segmentação!

Quando você cria uma campanha, pode escolher entre diversas formas para segmentar seu público, com opções de quebras por idade, gênero, interesses, audiências de site, audiências de app, lookalike, categorias de parceiros, conexões de páginas, etc.

E se você tentar testar tudo isso ao mesmo tempo, vai ser extremamente difícil saber quais dessas variáveis realmente funcionou ou não.

Por isto o conceito de Multivariação, e sua boa execução, é tão importante para testarmos diferentes tipos de audiências.

Interesses e Flexible Targeting

A segmentação por interesses ainda é uma das mais utilizadas no Facebook, mas nem sempre ela pode ser 100% acertiva. Pense que, por exemplo, você esteja querendo vender ingressos para um jogo de basquete do Flamengo na cidade do Rio de Janeiro. Todos imaginamos que nesse primeiro momento a maior probabilidade de compra é de torcedores do clube que moram no Rio, certo? Quando segmentamos, por exemplo, pessoas de 18 a 50 anos com Interesse em “Flamengo”, vemos um publico potencial de 890 mil pessoas na cidade do Rio de Janeiro. Mas pode ser que boa parte desses torcedores queira ver apenas jogos de futebol e não se interesse tanto assim por basquete, a ponto de comprar um ingresso.

A partir daí entra em cena o Flexible Targeting, uma função que te permite utilizar a negativação ou combinação de interesses.

Um bom exemplo é: Pessoas que tem interesse por “Flamengo” E “Basquete”, “NBA”, “Novo Basquete Brasil (NBB)”

flexible targeting

 

Nosso público já diminuiu para 580 mil pessoas. Mas se você quiser limitar ainda mais, pode ainda ser mais preciso.

Nesse caso, podemos negativar pessoas que tem interesse em clubes como Vasco, Fluminense ou Botafogo.

Flexible Targeting 2

 

Dessa forma, o publico potencial diminui para 200 mil pessoas.

Localização

Seguindo ainda no nosso exemplo, para eventos a localização é um forte decisor de compras. Nesse caso podemos pensar em dois tipos de variações possíveis utilizando a localização:

  1. Cidades

O Rio de Janeiro tem diversas cidades ao seu redor como Duque de Caxias, Nova Iguaçú, Queimados, Niterói, São Gonçalo, entre outras. Mas será que esse público que tem interesse no Flamengo e no esporte Basquete mas não está tão perto assim do local da partida estará disposto a ir assistir o jogo?

Podemos criar a primeira quebra, em um adset colocamos os moradores da cidade do Rio e em outro colocamos os moradores de cidades próximas a capital carioca e os excluímos da segmentação.

Nesse caso você terá dois adsets diferentes com públicos diferentes! Poderá testá-los e verificar qual o ROI de cada um deles com intuito de otimizá-los.

  1. Bairros

Em grandes capitais um outro fator importante é o bairro. Afinal, um morador de um bairro muito distante dificilmente irá para um jogo que aconteça numa quarta-feira às 22h e termine a meia noite. Nesse caso, você pode utilizar as custom locations, onde pode se definir um endereço exato e o raio de kilometragem ao redor desse local.

O time de basquete do Flamengo costuma jogar boa parte dos seus jogos no Tijuca Tênis Clube. Podemos pegar o endereço exato do clube e segmentar para pessoas que moram num raio de 6km do local.

Custom Location

Esse novo adset criado terá todas as características de segmentação descritas acima e um grande diferencial em relação à localização. É claro que antes de colocar as campanhas no ar e verificar o resultado real de cada adset, não existe garantia de sucesso com nenhuma audiência. Mas verifique que esse trabalho de multivariação que estamos realizando está “cercando” todos os fatores que concorrem para que possamos atingir o público consumidor do evento que estaremos promovendo.

Idade + Gênero

Uma das primeiras variáveis que você também deve testar é a idade e o gênero do seu público. Pensando em esportes, a maioria dos compradores de tickets geralmente são pessoas do sexo masculino. Então podemos pegar esse público e quebrá-lo em 6 adsets pelo gênero e também idade. Neste exemplo vamos usar os seguintes ranges de idade:

  • homens – mulheres
  • 18 – 30
  • 31 – 40
  • 41 – 50

Gender + age

 

Placement

Já reparou que a maneira como você age ao ver um anúncio no Instagram é diferente de quando você vê no feed do Facebook no seu celular, que por sua vez difere de quando você está no desktop?

Esse é mais um fator que pode (deve!) ser testado!

placement

 

Se você já utiliza o Power Editor e o Ads Manager irá me dizer: “Falar é fácil, mas é super trabalhoso criar todos estes tipos de variações”.

Sim, você está certo, usando essas ferramentas realmente é.

Uma das grandes vantagens que temos na Bornlogic é justamente a possibilidade de multivariação na criação de todos esses adsets e anúncios, com poucos clicks.

Nesse exemplo, estamos criando Adsets com pessoas com interesse Flamengo e Basquete, negativando interesse no Vasco, Fluminense e Botafogo, multivariando com as seguintes variáveis

Idade: 18-30; 31-40;41-50

Gênero: Masculino e Feminino

Placement: Instagram, Newsfeed Desktop, Newsfeed Mobile

Com isso, no momento que você clicar apenas uma vez no botão “Create Ad Set”, você terá criado 18 conjuntos de anúncio, sem ter a necessidade de refazer o mesmo processo para cada conjunto de idade, gênero ou placement.

Create adset

 

Além disso, você pode, com a ferramenta da Bornlogic, multivariar outros parâmetros como Custom Audiences, Interesses ou Localização! 😉

Por que fazer isso e não utilizar todos os públicos juntos?

A partir do momento que você consegue quebrar e identificar as melhores audiências, você pode:

  1. Colocar bids mais altos para suas campanhas que tem a melhor performance e mais moderados para as campanhas que tiveram a pior performance
  2. Analisar ao longo das campanhas quais foram os melhores e piores tipos de audiência e a partir disso definir qual são os melhores públicos para o seu cliente.

Mas como analisar qual público é o melhor?

Você pode utilizar os mais variados relatórios da Bornlogic, como o Target Report, que traz informações de localização, idade, gênero, listas e interesses utilizados.

Report Location

 

Existem outros relatórios que analisam suas campanhas de acordo com o device, canal, tipo de anúncio e criativo.

A ideia aqui é te dar condição de realizar o máximo de combinações possíveis com o menor esforço. Você terá toda a conveniência e a praticidade de uma ferramenta amigável e uma interface intuitiva para criar diversos grupos de anúncios.

Testar nunca foi tão fácil!

Você poderá conhecer o seu público muito mais a fundo, e descobrir de forma analítica quais intercessões entre esses grupos te trazem um melhor retorno. A partir desses insights fica muito mais fácil sofisticar suas campanhas, otimizar seus esforços e investir de forma mais eficaz.

É como um grande filtro com diversas camadas, que ao final te entregará aquelas respostas fundamentais que te apontam o melhor caminho para o sucesso.

Ok, você entendeu e gostou de tudo que dito acima, mas está com alguma dúvida, dificuldade ou precisa de ajuda para fazer acontecer? Tudo bem, nós estamos aqui para te ajudar.

vamos conversar e resolver?